museu do comer, 2021-2022

arquivo digital  selecionado

análise de fotografias sem autoria

web site

www.museudocomer.org

O interesse foi reorganizar pelas iconografias do “sentar-se à mesa” um histórico da memória, da imaterialidade e da constituição de um sistema regional, assim, trata-se uma visualização de fotografias sobre a tradição, inovação e o poder do comer. Partindo dessa ideia central, a pesquisa propõe reunir imagens fotográficas de autores não-identificados categorizadas pelo Arquivo Público Mineiro, em Belo Horizonte (MG). Utilizando mecanismos de buscas (termos indutores) referentes ao campo de pesquisa, como: “banquete”, “jantar”, “cerimônia”, “mesa”, “alimento” e “evento”, como base terminologica do projeto, datadas entre as décadas de 1930 e 1960, foram atribuidas em conjuntos predominantemente associadas à cenários politicos de cada período histórico em um web-site disponivel online. Este projeto foi realizado e contemplado pelo XVI Prêmio Funarte Marc Ferrez de Fotografia.